Defesa Civil Nacional reconheceu situação de emergência em 45 municípios; número de mortos subiu para 14

Dilma Rousseff sobrevoa áreas atingidas pela chuva no Espírito Santo
Roberto Stuckert Filho/PR
Dilma Rousseff sobrevoa áreas atingidas pela chuva no Espírito Santo

A presidente Dilma Rousseff chegou a Vitória (ES) às 9h50 e fez um voo de helicóptero na região metropolitana da cidade para verificar os problemas provocados pelas enchentes no Espírito Santo. De acordo com o último boletim do governo, já chega a 14 o número de mortes no Estado em consequência das chuvas. 

Conheça a home do Último Segundo

Até o momento, uma pessoa morreu em Nova Venécia, duas em Colatina, duas em Baixo Guandu, uma em Domingos Martins e oito em Itaguaçu. Além disso, ao menos 45 ficaram feridas e a Defesa Civil decretou nesta terça (24) situação de emergência em 45 municípios. De acordo com o último levantamento, o total de pessoas que tiveram de abandonar suas casas chegou a 46.189.

No voo, a presidente estava acompanhada de autoridades, entre elas o ministro da Defesa, Celso Amorim, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, o ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, e o secretário nacional de Defesa Civil, Adriano Pereira.

Logo depois do voo em helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB), Dilma se reuniu com prefeitos das cidades afetadas pelas enchentes, entre elas Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica e Viana.

De acordo com a assessoria da presidente, o Exército deverá, em dois dias, iniciar a construção de pontes móveis na cidade de Santa Leopoldina, inundada pelas fortes chuvas.

Representantes da Defesa Civil  mantêm o alerta para o alto risco de inundação e deslizamento de terra na região serrana e a possibilidade de alagamentos em algumas localidades. Nos municípios de Linhares e Colatina, o risco é agravado em função do nível do Rio Doce, que já subiu mais de 6 metros.

O governo federal anunciou o envio de 3 mil kits dormitório, de limpeza e de higiene pessoal para o estado. Além disso, o Ministério da Saúde vai enviar dez kits com 30 tipos de medicamentos e 18 insumos para primeiros-socorros. De acordo com o órgão, cada kit é suficiente para atender a 1,5 mil pessoas pelo período de um mês.

Confira: Espírito Santo decreta situação de emergência por causa das chuvas

Cinco patrulhas motorizadas do Exército estão atuando no estado e quatro geólogos foram enviados para ajudar no monitoramento de áreas de risco.

(Com informações da Agência Brasil e Agência Estado)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.