Avião que saiu do Rio de Janeiro em direção a Belém pousou no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek. Polícia apura como o fogo teria iniciado durante o voo

Um avião da companhia aérea TAM que seguia do Rio de Janeiro para Belém na manhã desta segunda-feira (11) teve que pousar em Brasília por causa de uma suspeita de fogo na lixeira de um dos banheiros. Segundo a empresa, a aterrissagem aconteceu em segurança. A Polícia Federal (PF) instaurou inquérito para apurar a ocorrência. Existem indícios de que o princípio de incêndio foi premeditado por um dos passageiros.

Leia também:  Avião faz pouso forçado em fazenda no interior de Minas Gerais

Aeronave da TAM no aeroporto de Brasília, nesta segunda-feira
Agência Brasil
Aeronave da TAM no aeroporto de Brasília, nesta segunda-feira




Após análise no interior da aeronave, a tripulação teria encontrado material queimado nos dois banheiros. Havia também cheiro de álcool no local. O avião pousou em Brasília por volta das 12h. Cerca de 120 passageiros estavam na aeronave.

Após a aterrisagem, alguns passageiros foram atendidos e interrogados no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek e tiveram as bagagens verificadas. Mas houve quem se negasse à prestar depoimento à PF. Oficialmente, a Polícia Federal ainda não identificou o responsável pelo incidente, mas já tem uma lista de suspeitos.

O voo JJ 3420 saiu às 9h32 do Aeroporto Internacional do Galeão e tinha previsão de chegar às 13h a Belém. No fim da tarde, após a revista e as entrevistas, os passageiros puderam embarcar em uma outra aeronave e a viagem foi retomada. Os passageiros chegaram a Belém por volta das 18h. 

* Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.