Tamanho do texto

Investigação, aberta no dia 22 de dezembro, vai apurar conduta de servidor da agência de turismo contratada pelo Senado

selo

A Primeira Secretaria do Senado instaurou sindicância para apurar possíveis irregularidades na emissão de passagens aéreas dos parlamentares da Casa. A investigação, aberta no dia 22 de dezembro, vai apurar a conduta de um servidor da agência de turismo contratada pelo Senado para emitir os bilhetes dos parlamentares.

Segundo portaria da Primeira Secretaria, uma auditoria interna identificou "impropriedades" na atuação dele. Essa análise preliminar foi feita a pedido dos senadores, que apontaram falhas nos saldos das verbas a que têm direito mensalmente. A Primeira Secretaria nega qualquer semelhança do caso com o escândalo da "farra das passagens" que atingiu a Câmara dos Deputados em 2009.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.