Tamanho do texto

Ministra é a única brasileira em lista de 100 nomes do jornal espanhol por trabalho pela investigação de crimes da ditadura

A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, foi eleita uma das 100 personalidades do ano pelo "El País", jornal de maior tiragem da Espanha.

A ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, em foto de arquivo
Agência Brasil
A ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, em foto de arquivo
Única brasileira da lista divulgada neste sábado, a ministra está acompanhada de políticos, empresários, esportistas e artistas de todo o mundo. Lembrada por seu ímpeto na investigação dos crimes da ditadura militar, o perfil de Maria do Rosário na publicação foi escrito pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que destaca sua determinação na hora de proteger os direitos humanos.

"Ao longo desses anos, Maria constituiu uma sólida carreira parlamentar sempre muito dedicada a causas nobres: os direitos humanos para todas as pessoas, em especial as mais necessitadas. Seu foco na defesa dos direitos da criança e do adolescente e contra todas as formas de discriminação fez dela uma parlamentar com atuação de destaque", escreveu Lula.

Entre as outras personalidades destacadas pelo jornal espanhol estão a presidenta argentina, Cristina Fernández de Kirchner, e o presidente peruano, Ollanta Humala, além do goleiro da seleção espanhola, Iker Casillas, e o poeta chileno, Nicanor Parra, último vencedor do Prêmio Cervantes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.