Senador Renan Calheiros (MDB-AL)
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Senador Renan Calheiros (MDB-AL)

A Confederação Israelita do Brasil ( Conib ), declarou em nota, nesta terça-feira (25), que repudia as falas sobre o nazismo feitas pelo r elator Renan Calheiros (MDB-AL) na CPI da Covid.   De acordo com a confederação, as comparações são indevidas e desrespeitosas. 

Renan Calheiros relacionou as funções e responsabilidades da CPI  às do Tribunal de Nuremberg , na Alemanha. Série de julgamentos que reuniu e puniu nazistas depois do fim da 2ª Guerra Mundial.

Segundo a nota da Conib, "as comparações, muitas vezes com fins políticos, são um desrespeito à memória das vítimas do Holocausto e de seus descendentes."

Em seu twitter, o relator da CPI afirmou que não estava comparando o Holocausto com a pandemia e sim a postura de negação de alguns depoentes com a de oficiais nazistas. 

Você viu?


Veja a nota da Conib na íntegra: 

“A Conib, Confederação Israelita do Brasil, repudia mais uma vez comparações completamente indevidas do momento atual, agora feitas na CPI da Covid, com os trágicos episódios do nazismo que culminaram no extermínio de 6 milhões de judeus no Holocausto.

Essas comparações, muitas vezes com fins políticos, são um desrespeito à memória das vítimas do Holocausto e de seus descendentes. A Conib inclusive criou uma campanha contra a banalização do Holocausto, para que possamos compreender melhor as verdadeiras dimensões dos fatos e assim contribuir para um melhor entendimento do presente. Assistam e compartilhem.”

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários