vereador
Divulgação
Vereador Danielzinho (PL) foi despejado


O único  vereador de oposição ao governo do prefeito Wagner Carneiro (MDB) em Belford Roxo, Daniel Silva de Lima, o Danielzinho (PL), foi despejado do próprio gabinete, na última quarta-feira (6), a mando do presidente da Câmara Municipal Sideny Canella (MDB).

Outros vereadores assumiram a tarefa do despejo após o presidente da Câmara alertar Danielzinho sobre a nacessidade de deixar o gabinete . Os móveis, os adesivos e a placa com o seu nome foram colocados no corredor.

O impasse se deu porque Daniel havia escolhido, em dezembro, qual gabinete iria ocupar, mas o presidente da Câmara ordenou que ele deixasse a sala escolhida nesta semana. Com a demora para sair, um ofício de despejo foi emitido. A defesa do vereador nega que ele tenha se recusado a deixar do gabinete.

"Em berrante desrespeito a democracia e aos direitos constitucionais do contraditório e ampla defesa violaram o domicílio profissional do um vereador e verdadeiramente estão tentando criar um fato político de quebra de decoro do parlamentar", diz a nota. Um boletim de ocorrência foi registrado na 54ª DP de Belford Roxo.


A Câmara nega ter agido de forma truculenta com o vereador.  "Esclarece que é prerrogativa do presidente da Casa, indicar o gabinete dos vereadores novatos, por meio de ofício. Porém, neste caso, antes mesmo da diplomação, o edil apoderou-se das chaves do gabinete nº 7, violando o Regimento Interno", afirmou o presidente, que disse ter emitido um ofício de transferência de gabinete que não foi assinado.

Confira o vídeo:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários