Marinho, à esquerda, foi apoiador de Bolsonaro durante a campanha de 2018
Reprodução/Facebook
Marinho, à esquerda, foi apoiador de Bolsonaro durante a campanha de 2018

O empresário e presidente estadual do PSDB no Rio de Janeiro, Paulo Marinho irá prestar depoimento nesta quarta-feira (20), às 15h, para a Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro, segundo divulgou pela coluna de Andréia Sadi, da Globo . Ele será ouvido no inquérito que investiga supostas interferências do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na PF.

Leia também: Fechados com o capitão: O que afasta e o que aproxima Bolsonaro de seus ministros

No último sábado (16), Paulo Marinho relatou, ao jornal Folha de S. Paulo, que o senador e filho do presidente Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) recebeu informações sobre a Operação Furna da Onça antes dela ocorrer. Segundo o empresário, um delegado da PF teria vazado as informações para Flávio.

A operação ocorreu em 2018 e investigava desvio de recurso público na Assembleia Legislativa do Rio e tinha como um dos seus alvos o então assessor de Flávio, Fabrício Queiroz. Na época, Flávio Bolsonaro era deputado estadual do Rio e membros do seu gabinete foram investigados.

Você viu?

Após o empresário alegar o suposto vazamento, a Procuradoria-Geral da República pediu seu depoimento no inquérito que está no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a suposta interferência de Bolsonaro na PF .

Leia também: PGR vai analisar denúncia de empresário sobre vazamento a Flávio Bolsonaro

Paulo Marinho era forte aliado de Bolsonaro em 2018 e afirma ter provas que comprovem seu relato sobre o vazamento de informações para Flávio.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários