Ministro Braga Netto, chefe da Casa Civil
Isac Nóbrega/PR
Ministro Braga Netto, chefe da Casa Civil

O ministro Braga Netto , chefe da Casa Civil, garantiu que a reunião desta segunda-feira (6) do presidente Jair Bolsonaro com sua equipe ministerial não foi para tratar da demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta . Segundo o titular da Casa Civil, o encontro foi "rotineiro" e o assunto tratado não será revelado.

Mandetta, por sua vez, acrescentou que é normal pessoas terem opiniões divergentes, que ninguém tem apenas um ângulo para olhar. "A gente tem de olhar para frente, andar para frente, usar pouco retrovisor e tocar esse barco nosso chamado Brasil", completou.

Leia também: Brasil tem 667 mortes e 13.717 casos confirmados de Covid-19

Apesar de não confirmar que a reunião teve como assunto a saída de Mandetta, foi só depois que ela terminou que houve a confirmação que não haveria mudanças no governo federal.

Devido a essa reunião, a tradicional entrevista coletiva no Planalto sobre a atualização das medidas de combate ao novo coronavírus (Sars-CoV-2) não teve a presença de nenhum ministro.

Leia também: São Paulo tem 17 mil exames suspeitos para Covid-19 na fila

Durante todo o dia de ontem houve incerteza acerca da permanência ou não de Mandetta no comando do ministério da saúde. Na parte da tarde, secretários de áreas técnicas e assessores chegaram a esvaziar suas gavetas e a do próprio ministro.

    Veja Também

      Mostrar mais