Medo de coronavírus não impediu manifestações
Reprodução/Twitter nordeste_midia
Medo de coronavírus não impediu manifestações

Manifestações em apoio ao presidente Jair Bolsonaro acontecem em diversas cidades do Brasil neste domingo (15). Atos foram mantidos mesmo com crescimento no número de casos do novo coronavírus no País e após pedido de adiamento feito pelo presidente. 

Leia também: Para atrair pessoas, Bolsonaristas pagam por postagens de ato contra Congresso

Na manhã deste domingo a hashtag #BolsonaroDay ficou em primeiro lugar nos assuntos mais comentados no Twitter. Pelo menos 11 cidades de seis estados e o Distrito Federal, já registraram atos de apoio ao presidente e contra o Congresso Nacional.

As manifestações contra o Congresso haviam sido convocadas pelo próprio Bolsonaro, segundo a jornalista Vera Magalhães, do BR Político . Após ser acusado de crime de responsabilidade, o presidente negou o chamamento. Posteriormente ele  convocou seus apoiadores para o que chamou de atos “pró-Brasil” .

Você viu?

Na última quinta-feira (12), porém, Bolsonaro pediu em sua tradicional live que as  manifestações fossem adiadas por conta do risco de contágio do novo coronavírus. Alguns grupos acataram o pedido , mas grande parte de seus apoiadores responderam com a hashtag #DesculpaJairMasEuVou e continuaram se organizando por meio de grupos de Whatsapp.

Alguns lugares que já registraram eventos são Belo Horizonte, Belém, Brasília, Rio de Janeiro, Maceió, Salvador, Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), Montes Claros (MG), Governador Valadares (MG), Campos (RJ), Juiz de Fora (MG)

Nos atos registrados até agora, manifestantes protestam contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF), além de fazerem piada com o coronavírus .

Bolsonaro compartilhou imagens das manifestações em seu perfil no Twitter.


    Leia tudo sobre:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários