Mourão
Aloisio Mauricio/Fotoarena/Agência O Globo
Mourão diz que manifestações do dia 15 de março são parte da vida democrática

O presidente em exercício Hamilton Mourão afirmou nesta segunda-feira que as manifestações marcadas para o próximo fim de semana (15/03) são em defesa de reformas, e não contra o Congresso. Mourão disse que os atos fazem parte da "vida democrática" , mas ressaltou que não irá participar.

"Está sendo acompanhado. Manifestação, já falei, faz parte da vida democrática, desde que seja ordeira, pacífica, então não vejo problema nisso daí ", disse Mourão, ao chegar no Palácio do Planalto.

Leia também: Recado para ministro? Positivista é lixo a ser expurgado, diz Carlos Bolsonaro

No sábado, o presidente Jair Bolsonaro convocou a população a participar dos protestos e afirmou que "quem tem medo de movimento de rua não serve para ser político". Bolsonaro, porém, disse que os atos não são contra o Congresso e nem contra o Judiciário.

Nesta segunda, Mourão reforçou o raciocínio:

"A manifestação está colocada como apoio as reformas" disse, sem especificar quais reformas.

Questionado se participaria das manifestações, no entanto, Mourão negou:

"Você já me viu participar de algum ato? Está fora do meu escopo."

Leia também: Força Nacional prorroga ação em terra indígena no Maranhão em apoio à Funai

Uma imagem de convocação para o protesto trazia a imagem de Mourão, além de outros três generais, entre eles o ministro Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional). Na época, o vice-presidente afirmou que não havia autorizado o uso de sua imagem.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários