Gustavo Bebianno
Valter Campanato/Agência Brasil
Bebianno foi expulso do governo aós atritos com Carlos Bolsonaro

O ex-secretário-geral da Presidência Gustavo Bebianno disse que o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno , está de "saia justa" na CPI das Fake News . A declaração foi dada por Bebianno à coluna da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo , ao comentar a negação de Heleno de que ele soubesse da criação de uma Agência Brasileira de Inteligência ( Abin ) paralela.

Em seu depoimento à comissão, o general disse que não sabia se o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, teve a ideia de criar o órgão, que funcionaria como uma agência extra-oficial de investigação. "Digamos que ele tenha se esquecido do fato, ou não esteja ligando o nome à 'pessoa'", afirmou Bebianno.

Leia também: Feliciano chama Bebianno de político Big Brother, que rebate: "Explorador de fé"

"Tenho muito respeito pelo general, assim como por todos os militares em geral. Não se chega ao topo da carreira por obra do acaso. Por isso, não vou ficar me contrapondo a ele", completou o ex-secretário.

    Veja Também

      Mostrar mais