O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ)
Reprodução/Youtube
O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ)

O filho do presidente e vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (PSC), mostrou apoio nesta quarta-feira (19) ao chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o ministro Augusto Heleno, após ele criticar o Congresso Nacional.

Leia também: Augusto Heleno  fala em "chantagem" do Congresso e sugere chamar povo à rua

O ministro Augusto Heleno acusa os parlamentares de fazerem chantagem ao não cederem o poder de decisão sobre R$ 30 bilhões do total de R$ 80 bilhões do Orçamento de 2020. A gestão do dinheiro está nas mãos do Congresso, mas o governo Bolsonaro deseja retomar o controle deste verba. Carlos Bolsonaro deu indícios de também ter essa opinião.

Carlos Bolsonaro concordou com a crítica do ministro e postou em sua conta do Twitter a “#SomosTodosGeneralHeleno”. “Como gostaria de ter o prazer de ver muitos dentro do Governo, terem o entendimento do perigo que o país atravessa, a exemplo do Grande Heleno”, afirmou, sem esclarecer a qual perigo se referia.



    Veja Também

      Mostrar mais