dois homens sorrindo
Marcos Corrêa/PR - 29.8.19
Jair Bolsonaro e Onyx Lorenzoni

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, antecipou retorno para Brasília nesta sexta-feira (31) para conversar com o presidente Jair Bolsonaro sobre o futuro da pasta após crise que terminou em duas demissões do mesmo secretário-executivo em 48 horas e na transferência do Programa de Parcerias e Investimentos para outro ministério.

Segundo o jornal O Globo, em meio ao clima de incerteza dentro da Casa Civil, assessores traçam possibilidades do que pode acontecer com o ministro nos próximos dias. Uma das hipóteses é de que ele seja transferido para o lugar de Abraham Weintraub, ministro da Educação, na berlinda após erros nas correções das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Leia também: Bolsonaro desiste de nomear Ramos para Casa Civil; Antônio Barreto assume

A crise na Casa Civil foi iniciada após o secretário-executivo José Vicente Santini usar aeronave da Força Aérea Brasileira para viajar à Suíça e Índia. Após repercussão do caso, Bolsonaro anunciou a demissão dele do cargo. No dia seguinte, porém, ele foi readmitido em nova posição na Casa Civil. Com mais uma repercussão negativa, Bolsonaro anunciou, novamente, a demissão de Santini.

Não há informação sobre a hora na qual a reunião entre Onyx e Bolsonaro vai ocorrer.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários