Tamanho do texto

Conforme cronograma, prefeito de São Paulo dará entrada no Hospital Sírio-Libanês nesta quinta (26) para continuar tratamento de câncer

Bruno Covas arrow-options
Mister Shadow / ASI / Agência O Globo
Prefeito de São Paulo trata de um câncer na região do estômago

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), será internado no Hospital Sírio-Libanês nesta quinta-feira (26) para realizar a quinta sessão de quimioterapia , conforme estava previsto no cronograma programado pela sua equipe médica. O tucano faz tratamento contra um câncer na região do estômago.

Se o cronograma definido quando a doença foi descoberta continuar valendo, no fim de outubro, Covas ainda precisa realizar realizar mais três sessões de quimioterapia.

Cada procedimento tem uma duração de 30 horas e, apesar da internação, o prefeito manteve cinco itens de sua agenda para esta quinta. Os compromissos são entre 14h30 e 17h30, com despachos com secretários e reuniões.

Leia também: "Estou desconfortável de estar em um partido que tem Aécio", diz Bruno Covas

No último dia 11, o prefeito foi transferido para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital por causa de um sangramento no fígado. O imprevisto ocorreu durante um processo de mapeamento da lesão que atingia o órgão. Ele foi submetido a uma intervenção "minimamente invasiva", segundo a equipe médica, para estancar o sangramento.

À princípio Covas também agendou uma série de reuniões, mas parte delas foi proibida depois pelos médicos.

O prefeito teve alta no último dia 18, após dez dias de internação.  De acordo com o boletim médico divulgado pelo hospital na época, Covas estava muito bem e poderia exercer suas atividades profissionais normalmente.