Tamanho do texto

Em entrevista à rádio, deputado federal falou sobre a possibilidade de se candidatar no Rio de Janeiro e disse que está a disposição do presidente

Negão arrow-options
Reprodução
Presidente 'apadrinhou' deputado, que foi o mais votado nas últimas eleições no Rio

O deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ) falou, nesta segunda-feira (16), sobre a possibilidade de concorrer à Prefeitura do Rio de Janeiro. Apelidado de "Hélio Negão" e apadrinhado pelo presidente Jair Bolsonaro, o parlamentar disse em entrevista à rádio Jovem Pan que está a disposição do presidente na corrida eleitoral municipal.

Leia também: Caso Flordelis: polícia ouve envolvidos na confecção de carta 'acusatória'

"Sou um soldado. Se ele achar que tenho que ser prefeito, eu vou cumprir a missão", afirmou Hélio, eleito no último pleito, em 2018, após se aproximar do clã Bolsonaro .

O deputado , no entanto, completou sua fala dizendo que não tem intenções de disputar ao cargo de prefeito , já que foi eleito recentemente para a Câmara e que está em fase de aprendizado: "Mas acho que fui eleito para a Câmara, estou em fase de aprendizado e é muito importante que apareçam outros nomes".

Leia também: Julgamento que pode anular processos de Lula é adiado para 2020

Hélio também comentou sobre o racha dentro do partido, o que chamou de "uma luz no escuro".

"A crise no PSL foi como se fosse uma luz que chegou em um ambiente escuro. Clareou, estamos em fase de depuração e é isso aí que vocês estão vendo. Eu só tenho comigo que a gratidão não prescreve", disse o deputado.