Tamanho do texto

Vereador e filho de Bolsonaro disse ainda que, enquanto os militantes comiam migalhas, o estado roubava bilhões do dinheiro público

Carlos Bolsonaro é vereador pelo Rio de Janeiro arrow-options
Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Carlos Bolsonaro deu declaração sobre o instagram na tarde desta terça-feira (17)

O vereador Carlos Bolsonaro (PSL) usou sua conta no Twitter para falar sobre a educação brasileira na tarde deste sábado (2). Citando uma publicação feita pelo pai Jair Bolsonaro sobre o programa Future-se, anunciado pelo Ministério da Educação no começo da semana , o político apontou a prioridade da pasta nesse governo. 

Leia também: MEC: projeto quer fazer professor universitário ter o “melhor emprego do Brasil”

“A prioridade da educação é formar cidadãos e voltados ao mercado de trabalho, não os tradicionais militantes políticos”, afirmou. Carlos garantiu, ainda, que os “tradicionais militantes” sempre “comeram migalhas enquanto o estado mãe roubava bilhões do dinheiro público”.

O projeto Future-se, anunciado pelo ministro Abraham Weintraub, apresentou uma série de ideias para aumentar o investimento privado nas universidades brasileiras. Entre elas, ceder prédios públicos em troca de aluguel e criar fundos de financiamento para premiar professores por bom desempenho.