Tamanho do texto

Vice-presidente disse que vereador estava "sumido" e celebrou um suposto "basta" à ala ideológica do governo; Carlos revidou nas redes sociais

Carlos Bolsonaro
Reprodução/Instagram
Carlos Bolsonaro voltou a atacar o vice-presidente Hamilton Mourão nas redes sociais

Considerada uma das tensões mais perigosas dentro da base do governo pelos próprios aliados, a briga entre o vice-presidente Hamilton Mourão e o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) ganhou mais um capítulo na manhã desta sexta-feira (7) após um perído de trégua.

Leia também:

Em uma entrevista à revista Época, o vice-presidente comemorou o que chamou de um "basta" na chamada ala ideológica do governo, liderada pelo filósofo Olavo de Carvalho, que é considerado um "guru" da família do presidente. "Alguém chegou para essa turma (os olavistas) e disse: "Chega". Acho que o próprio presidente pode ter feito isso", disse Mourão, que também citou o segundo filho do presidente. " Carlos Bolsonaro anda sumido", comentou.

O general estava certo, pelo menos até o momento. Após uma série de críticas a Mourão e outros membros do governo, especialmente os militares, e da base aliada, o vereador do Rio de Janeiro passou alguns dias longe dos holofotes.

No entanto, pouco tempo depois da publicação da entrevista do vice de Bolsonaro , o "02" foi às redes sociais para alfinetar o general. "Saudades do Presidente que é pró-armamento da população e contra o aborto. Volte logo Presidente de verdade!", escreveu Carlos.

Mais tarde, o filho de Bolsonaro ainda publicou um trecho de um vídeo do Olavo de Carvalho criticando a mídia. Ainda na quinta-feira (6), Carlos Bolsonaro fez uma postagem dizendo que sentia "muita falta" do filósofo.