Tamanho do texto

Entre uma audiência e outra, o presidente discute memes e textos apresentadas por seus auxiliares; mensagens são publicadas por Carlos

Jair Bolsonaro
Reprodução
Presidente é "avalista de memes" entre os compromissos oficiais

Afinal, quem é responsável pelas mídias sociais do Palácio do Planalto? Atualmente, essa é uma das funções do próprio presidente da República, segundo o jornal  O Estado de S.Paulo . De acordo com áudios obtidos pelo veículo, Bolsonaro gasta parte de seu tempo analisando memes e textos para publicar nas redes sociais dele e de aliados. 

Leia também: Falhas na articulação e descontrole na web marcam 100 dias do governo Bolsonaro

Bolsonaro usa as redes sociais como meio de comunicação oficial da Presidência e também reproduz conteúdos publicados por aliados ou por seus filhos. Algumas postagens do presidente já foram alvo de polêmica e até repercussão internacional, como no caso do "golden shower". Por conta disso, o número de seguidores continua a crescer, com quase 4 milhões no Twitter.

De acordo com o Estadão, entre uma audiência e outra no Planalto, o presidente discute propostas de memes apresentadas por seus auxiliares. “Tá muito bom. Pode mandar para as suas redes que eu já mandei para os meus mais de cem grupos”, diz a um funcionário em um dos áudios. 

Em outro momento, ele critica o tamanho das letras em uma foto dele e veta o meme, que não foi publicado nas redes. “Olha, essa letrinha aí não tá boa, não. Vai ficar difícil para ler”, aponta. Caso sejam aprovados pelo presidente, os memes e textos são enviados para grupos de Whatsapp ou publicados nas redes sociais de auxiliares.

Leia também: Bolsonaro janta hoje com embaixadores de países muçulmanos em Brasília

Os únicos autorizados para fazer esse trabalho são seu filho, Carlos Bolsonaro , e outros dois assessores. Carlos, inclusive, teria cometido um engano recentemente, quando publicou um texto sobre seu trabalho como vereador do Rio de Janeiro acidentalmente no Facebook oficial do pai. Depois de alguns minutos, a publicação foi excluída.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.