Tamanho do texto

Ex-presidente pediu que oposição a ela dentro do partido 'baixe a bola' e aconselhou a deputada a ouvir grupos que não estão totalmente alinhados

Gleisi Hoffmann e Lula
Edilson Santos/Agência O Globo
Lula manifestou apoio à reeleição de Gleisi Hoffmann

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu com líderes do PT na sede da Polícia Federal em Curitiba. Durante a visita, o petista informou que apoiará a reeleição de Gleisi Hoffmann para a presidência do partido. As informações são da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo

Leia também: Juiz nega pedido de Lula para afastar delegado da Operação Lava Jato

Lula pediu que o PT evite expor as divisões internas de opinião sobre a presidência da legenda e que a oposição a  Gleisi Hoffmann dentro do partido 'baixe a bola'. Ele argumenta que ela tem o perfil apropriado para o momento e que cumpriu um papel importante durante as eleições no ano passado. 

O ex-presidente ainda aconselhou que Gleisi ouça mais a direção do partido e grupos que não são tão alinhados com a sua opinião. A presidente nacional do PT confirmou a conversa e afirmou que Lula pediu que ela "converse ainda mais com a galera". 

Nesta manhã, ela falou sobre o governo de Bolsonaro em sua conta do Twitter. A deputada afirmou que o presidente "descolou da realidade" e criticou sua entrevista à rádio Jovem Pan , em que falou sobre tentar a reeleição e a possibilidade de uma intervenção na Venezuela.

Leia também: Manifestações contra e pró-Lula têm confusões na Avenida Paulista

"A economia derretendo, tem o menor apoio nos cem dias de um presidente eleito, o mundo percebe seu despreparo e ele fala na Jovem Pan que é pressionado para tentar reeleição, atribuindo ao filho o fato de ser presidente. Por essa o mercado não esperava", escreveu Gleisi Hoffmann .

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.