Tamanho do texto

Fernando José Fagundes Ribeiro passou mal durante atividade política

Candidato ao Senado pelo PCO, Fagundes era professor universitário da UFF (Universidade Federal Fluminense)
Divulgação
Candidato ao Senado pelo PCO, Fagundes era professor universitário da UFF (Universidade Federal Fluminense)

Fernando José Fagundes Ribeiro , candidato ao Senado pelo PCO (Partido da Causa Operária), morreu nesta sexta-feira (5), aos 54 anos, no Rio de Janeiro. Professor universitário da UFF (Universidade Federal Fluminense), Fagundes estava internado desde a semana passada após ter passado mal durante atividade política para as eleições 2018 .

O candidato ao Senado participava de um debate na UFF quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC). Ele foi levada às pressas para o hospital, mas não resistiu e morreu na noite desta sexta-feira.

“Recebemos a informação, ainda não confirmada, de que seu falecimento teria sido o resultado de uma septicemia como consequência duma infecção hospitalar. Nosso companheiro teria sido, a ser confirmada esta informação, vítima das más condições de saúde que afetam e vitimam milhares e milhares de brasileiros.

“A Comissão Executiva Nacional do Comitê Central Nacional do Partido vem por meio desta expressar seu pesar e sua solidariedade aos entes queridos do companheiro Fernando e a todos os militantes do Estado do Rio de Janeiro que atuaram com ele nestes últimos anos de luta contra o golpe de Estado e de aprofundamento dos ataques contra a classe trabalhadora”, diz nota do PCO

Leia também: Flagrados com trabalho escravo doaram R$ 10 milhões a 142 candidatos

Candidato ao Senado era ativo na vida política

Candidato ao Senado vinha participando ativamente da estrutura do partido no Rio de Janeiro quando sofreu um AVC
Reprodução/Facebook/Fernando Fagundes
Candidato ao Senado vinha participando ativamente da estrutura do partido no Rio de Janeiro quando sofreu um AVC

Fernando Fagundes vinha participando ativamente da estrutura do partido no Rio de Janeiro. Após conseguir montar uma sede social do PCO, no bairro da Lapa, região central da cidade, ele promovia atividades políticas e culturais. Nas pesquisas Ibope, ele aparecia com 1% das intenções de voto.

Leia também: Apoio à democracia é o maior desde 1989 entre brasileiros, revela Datafolha

Segundo o site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o candidato estava apto para concorrer a uma vaga no Senado, mas a sua candidatura foi indeferida. Existia ainda a possibilidade de recurso, porém então o incidente ocorreu.

O PCO ainda não definiu as homenagens que serão prestadas ao candidato ao Senado . Fernando José fazia parte do comitê central do partido. O horário e o local do enterro também ainda não foram definidos.

*Com informações da Agência Brasil