Rodrigo Maia confirma pré-candidatura à Presidência da República

Presidente da Câmara dos Deputados acredita no fim da polarização PT e PSDB, e vê chances de ocupar o cargo atualmente ocupado por Michel Temer
Foto: Beto Barata/PR - 22.8.16
Presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), com o presidente Michel Temer (MDB)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), confirmou que será mais um candidato à Presidência da República. Ele só depende agora da aprovação do seu nome em convenção do partido, na próxima quinta-feira (8). 

Leia também: Dirceu presta depoimento a Moro em ação da Lava Jato contra ex-secretário do PT

"É uma construção que já vem acontecendo ao longo dos meses", disse Rodrigo Maia . "Muitos colegas, parte da sociedade civil, alguns empresários estão vendo nossa gestão na Câmara, essa coragem de enfrentar temas de muitos anos atrás. Agora é esperar a convenção do partido", garantiu o deputado.

A declaração do presidente da Câmara foi feita nesta segunda-feira (5), em meio a uma entrevista concedida por ele ao apresentador José Luiz Datena, na rádio Bandeirantes. 

Na oportunidade, Maia garantiu que seu partido deverá, ao contrário do que foi feito nas eleições anteriores, sair com candidatura própria nas eleições deste ano. 

"O Brasil vive esse ciclo desde a redemocratização e depois a polarização PT e PSDB, que já acabou. As pesquisas já mostram uma rejeição contra esses partidos", declarou ele.

Para o político, "o Brasil já cansou de uma pessoa que dá voltas para enfrentar os problemas". Além disso, ele afirma que, hoje, o político que "tem que ter coragem para enfrentar esses assuntos como já estamos fazendo com vários".

Leia também: Na cadeia, Paulo Maluf chora e diz que sofre "tortura mental"

O deputado não chegou a especificar, durante a entrevista, quem poderia compor a chapa do DEM com ele. Porém, fala-se de conversas do partido com o ex-ministro Aldo Rebelo (PSB). Como o PSB não parece declarar apoio ao DEM nessa corrida presidencial, Aldo pode negociar sua saída do partido e ingressar no Solidariedade.

Haja candidatos

Além de Rodrigo Maia, outras figuras inéditas nas eleições presidenciais têm declarado intenção de concorrer ao cargo mais alto do Poder Executivo. São elas o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o deputado federal Jair Bolsonaro e o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), Guilherme Boulos. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, tem se declarado apto à disputa mais uma vez, assim como sustenta o ex-presidente Lula e a ex-senadora Marina Silva. Porém, seguindo essa linha, até o presidente Michel Temer tem dado motivos para especulações de uma possível candidatura. 

Leia também: Pezão pode ser o primeiro governador denunciado na Lava Jato

Link deste artigo: https://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2018-03-05/rodrigo-maia-candidato-presidencia.html