Tamanho do texto

Cartazes apresentam a mensagem "tchau, queridos", em alusão ao diálogo entre Lula e Dilma; região é tida como maior reduto eleitoral do partido

Faixas com provocações aos petistas foram espalhadas no ABC, considerado maior reduto eleitoral do PT no Brasil
iG São Paulo - 3.11.2016
Faixas com provocações aos petistas foram espalhadas no ABC, considerado maior reduto eleitoral do PT no Brasil

Após o PT ser derrotado nas eleições deste ano em todas as sete cidades do ABC Paulista, faixas com provocações aos petistas foram espalhadas pelas ruas da região, localizada na Grande São Paulo. Os materiais contêm a mensagem “tchau, queridos. Fora daqui!” e não informam quem é o autor dos cartazes.

LEIA MAIS:  PT errou na gestão das estatais, admite Fernando Haddad

Uma das faixas foi colocada em uma passarela localizada na altura do km 18 da Via Anchieta, em São Bernardo do Campo. O local registra grande fluxo de veículos, já que a rodovia dá acesso à capital paulista. A expressão “tchau queridos” é uma alusão ao diálogo ocorrido em março entre os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, grampeado pela Polícia Federal e divulgado pelo juiz Sérgio Moro.

A conversa ocorreu em meio à nomeação de Lula para o Ministério da Casa Civil, no dia 16 de março. A então presidente Dilma chegou a publicar edição extra do “Diário Oficial da União” oficializando Lula no cargo. A posse, entretanto, não ocorreu, já que, no dia seguinte, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), emitiu decisão liminar suspendendo a posse de Lula . A alegação foi a de que o petista passaria a ter foro privilegiado  se assumisse o cargo, o que foi entendido como uma tentativa de fugir do raio de ação de Moro. Lula é réu em três ações da Operação Lava Jato, cujas ações penais em primeira instância estão sob a responsabilidade de Moro.

Cinturão vermelho

Berço político do PT, o ABC não elegeu nenhum partido da sigla nas eleições deste ano. Foi a primeira vez que isso ocorreu desde a fundação da legenda, na década de 1980. Nem mesmo a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que mora em São Bernardo, foi suficiente para melhorar o desempenho da agremiação.

Dois candidatos petistas chegaram a disputar o segundo turno no pleito de 2016, mas passaram longe de obter êxito. A derrota mais expressiva foi a do candidato Carlos Grana, de Santo André, que teve somente 21,79% dos votos válidos. O vencedor foi o tucano Paulo Serra, com 78,21% dos sufrágios. Em Mauá, município vizinho, Donisete Braga ( PT ) perdeu para o deputado estadual Atila Jacomussi (PSB) por 64,47% a 35,53%.

No primeiro turno, o postulante do PT em São Bernardo, Tarcisio Secoli, ficou em terceiro lugar. O candidato era apoiado pelo atual prefeito, Luiz Marinho, que foi ministro do Trabalho e da Previdência Social durante o governo Lula.

LEIA MAIS:  Desgastado pelas crises política e econômica, PT encolhe nas eleições municipais

Considerando todos os 39 municípios da Grande São Paulo , a única prefeitura que será administrada pelo PT a partir de janeiro de 2017 será a de Franco da Rocha. Entre as capitais do País, os petistas só ganharam a eleição em Rio Branco, no Acre.

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.