undefined
Carlos Humberto / SCO / STF - 28.10.16
Presidente do STF, Cármen Lúcia, o presidente da República, Michel Temer e o presidente do Senado, Renan Calheiros

Primeiro a se manifestar após o encontro entre os chefes dos Três Poderes da República , o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que a reunião marcada para tratar de problemas de segurança pública serviu também para que o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF) superassem a crise entre os dois Poderes.

“Aproveito a oportunidade para dizer que tenho muito orgulho de ser presidente do Congresso Nacional no exato momento em que a presidente Carmén Lúcia é presidente do STF. Ela é o exemplo do caráter que identifica o povo brasileiro”, afirmou.

Esta semana, Renan e a ministra se desentenderam  publicamente por causa da Operação Métis da Polícia Federal. Renan criticou a operação, que fez buscas na sede da polícia legislativa do Senado e acabou criticando o juiz que autorizou a ação e o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. A ministra reagiu à manifestação do senador afirmando que tomava para si qualquer ofensa a juízes.

A cena de Renan e Cármen Lúcia entrando lado a lado para o encontro já sinalizava a trégua entre os dois chefes de Poder. 

Mesmo antes da reunião, o presidente Michel Temer tentou amenizar o clima entre os dois. “Acho que um ambiente de harmonia já está decretado, digamos assim. Não vi nada que pudesse agredir aquilo que a Constituição determina e que os poderes, os chefes dos poderes, têm falado com muita frequência. Aliás, a ministra Cármen Lúcia com muita frequência invoca a ideia da harmonia e da independência dos poderes. As questões que vão surgindo, elas vão se resolvendo pouco a pouco pelos instrumentos institucionais. Como estão sendo resolvidos. Não há desarmonia nenhuma”, afirmou Temer.

Segurança Pública

A pauta oficial da reunião divulgada pelo Palácio do Planalto era segurança pública. A ideia é que os três poderes construam um pacto nacional para a área, na busca por soluções aos problemas do setor recentemente registrados em Estados como Rio Grande do Norte, Maranhão, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. 

LEIA MAIS:  Teori determina que maletas antigrampo do Senado sejam enviadas para o STF

Responsabilidade dos Estados, a área, segundo havia antecipado o presidente Michel Temer vive um momento de “angústia” que exige o envolvimento dos três Poderes. Mesmo com a reunião do alto escalão, o tema ainda vai ser debatido com governadores e secretários da área.

* Com informações da Agência Brasil

    Veja Também

      Mostrar mais