Tamanho do texto

Deputada foi anunciada na manhã deste domingo (24) como candidata do Psol nas eleições municipais da capital paulista ao lado de Ivan Valente

 Erundina acredita em uma ação articulada entre municípios já que muitos moram em uma cidade e trabalham em outra
Facebook/ Luiza Erundina/ Reprodução 24.07.2016
Erundina acredita em uma ação articulada entre municípios já que muitos moram em uma cidade e trabalham em outra

A deputada Luiza Erundina apontou a articulação dos sistemas de transporte da capital e de demais municípios da Região Metropolitana como uma das medidas a serem adotadas para melhorar a mobilidade urbana da cidade, caso seja eleita prefeita da cidade de São Paulo, no pleito deste ano.

LEIA MAIS: Candidato à Prefeitura de São Paulo, João Doria prega união do PSDB

Erundina falou com a imprensa na manhã deste domingo (24) antes do início da convenção do Psol, no Diretório Municipal do partido. O evento marca a oficialização da candidatura de Erundina à Prefeitura e do deputado Ivan Valente (SP) a vice-prefeito. 

"Uma solução só, um sistema só, não dá conta da complexidade e da dinâmica de uma cidade que se transforma anualmente", disse Erundina. "As pessoas moram em uma cidade e trabalham em outra. É necessário ter uma ação articulada entre a capital e os municípios da Região Metropolitana para potencializar e articular soluções".

LEIA MAIS: PT oficializa candidatura de Fernando Haddad à reeleição em São Paulo

Erundina também afirmou que pretende tomar medidas para o crescimento econômico de São Paulo, embora não tenha dado maiores detalhes sobre quais iniciativas poderão ser adotadas nesse sentido. "São Paulo representa quase 15% do PIB. Queremos imprimir iniciativas de governo voltadas ao crescimento econômico da cidade, para que se possa, com a economia crescendo ampliar a capacidade de resposta das políticas públicas e sociais".

Candidato à vice-prefeitura de São Paulo na chapa do Psol, o deputado Ivan Valente destacou o combate à desigualdade como um dos focos da chapa. "É preciso inverter as prioridades e atender os mais necessitados, como os pobres da cidade".

LEIA MAIS: Crise afasta parlamentares das eleições para prefeito deste ano

Erundina ainda indicou que outras prioridades do potencial governo Psol estão na articulação de ações da secretaria de Cultura em conjunto com as pastas de Educação e Comunicação, além de uma preocupação com questões ambientais da cidade.