Tamanho do texto

Deflagrada em março de 2014, operação já teve 216 denunciados e conseguiu recuperar R$ 2,4 bilhões, diz a Procuradoria-Geral da República

Força-tarefa da Operação Lava Jato já realizou 643 mandados de busca e apreensão em 32 fases
Agência Brasil
Força-tarefa da Operação Lava Jato já realizou 643 mandados de busca e apreensão em 32 fases

Deflagrada em março de 2014, a Operação Lava Jato já firmou 61 acordos de colaboração premiada com pessoas físicas, cinco acordos de leniência com empresas e um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com uma instituição financeira. O balanço foi divulgado pela Procuradoria-Geral da República.

Já foram instaurados 1.291 procedimentos em 32 fases até o momento, sendo 643 buscas e apreensões, 175 mandados de condução coercitiva, 74 prisões preventivas e 91 prisões temporárias.

LEIA TAMBÉM: Juiz determina redistribuição de inquérito sobre Lula e Delcídio

Até o início do mês de julho os procuradores da República que atuam na primeira instância já ofereceram 44 acusações criminais contra 216 pessoas pelos crimes de corrupção (ativa e passiva), organização criminosa, lavagem de dinheiro, entre outros.

Os crimes envolvem o pagamento de propina de aproximadamente R$ 6,4 bilhões. Com o avanço dos trabalhos, o MPF já conseguiu bloquear R$ 2,4 bilhões em bens de réus e recuperar, por meio de acordos de colaboração premiada e de leniência, R$ 2,9 bilhões. Deste total, R$ 2,3 bilhões se referem a multas, renúncia e indenização; e outros R$ 659 milhões foram objeto de repatriação.

LEIA TAMBÉM: Geraldo Alckmin recebe novo presidente da Câmara em SP