Tamanho do texto

Um dos homens que estava presente no local perguntou onde estaria escrito que o ex-presidente Lula é inocente

Ciro Gomes se desentende com manifestantes durante a madrugada desta quinta-feira
Reprodução/Youtube
Ciro Gomes se desentende com manifestantes durante a madrugada desta quinta-feira

O ex-ministro Ciro Gomes discutiu com manifestantes na madrugada desta quinta-feira (16) em frente à sua casa. Exaltado, o Ciro mandou os manifestantes "para casa para estudar história". 

Um dos homens que estava no local perguntou onde nos livros de história estava escrito que o ex-presidente Lula é inocente. "O Lula não é inocente de nada! O Lula é um m...!", gritou Ciro Gomes. O irmão do ex-ministro, Cid Gomes, tentou acalmá-lo em vão.

Ciro Gomes ainda se queixou de o grupo ter ido "assustar" alguém — ele não deixou claro a quem estava se referindo — de madrugada e chamou a atitude dos manifestantes de "covarde" e "fascista".

O ex-ministro afirmou que Lula, "ainda que seja um m...", deve ter respeitado seu direito ao devido processo legal e repetiu que os manifestantes deveriam ir para casa estudar História para entender o que foi a ditadura militar.



    Leia tudo sobre: Lula