Tamanho do texto

Confirmação do petista no governo federal e gravação de conversa com Dilma levou detratores do PT à revolta no País

Na manhã seguinte ao anúncio de que Luiz Inácio Lula da Silva assumiria o cargo de ministro-chefe da Casa Civil, o ex-presidente da República foi empossado oficialmente por Dilma Rousseff, na manhã desta quinta-feira (17). 

Veja a posse de Lula ao vivo:

O principal símbolo do PT, que confirmou aceitar o cargo em reunião com a presidente realizada a véspera, chegou a voltar a São Paulo na quarta-feira, já que inicialmente sua posse estava prevista para a próxima semana. No entanto, em nota divulgada à noite, após a divulgação dos grampos, o Palácio do Planalto confirmou que a posse seria nesta quinta.

Lula viajou a Brasília em avião fretado. Ele será empossado ao lado de Mauro Lopes, que assume a Secretaria de Aviação Civil, Eugênio Aragão, novo ministro da Justiça. Jaques Wagner, que assume o cargo de chefe de gabinete da Presidência e seria o responsável por entregar o posto ao ex-presidente, teve um contratempo e só chegaria a Brasília depois das 11h.

Indignação nas ruas
A confirmação de que Lula realmente assumiria o mais importante cargo ministerial do governo federal levou a uma série de protestos de parlamentares dentro da Câmara dos Deputados que logo se estenderam para as ruas, em atos espontâneos pedindo criticando o ex-presidente e pedindo a renúncia de Dilma.

Dilma Rousseff durante curta coletiva de imprensa sobre a nomeação de Lula para a Casa Civil
André Dusek/Estadão Conteúdo - 16.03.16
Dilma Rousseff durante curta coletiva de imprensa sobre a nomeação de Lula para a Casa Civil

A divulgação de grampos telefônicos feitos pela Polícia Federal, que insinuam que a presidente deu o cargo de ministro a Lula para evitar sua prisão, fez os protestos explodirem. O Palácio do Planalto, sede da Presidência, teve sua frente tomada por manifestantes.

A Avenida Paulista, onde no último domingo (13) ocorreu a maior manifestação política da história, teve de ser fechada após milhares de pessoas pedindo o impeachment de Dilma ocuparem suas pistas.

Veja fotos dos protestos de quarta-feira contra o Partido dos Trabalhadores:


    Leia tudo sobre: lula