Tamanho do texto

Delator da Lava Jato, Otávio Marques de Azevedo vai cumprir prisão domiciliar em SP, segundo advogado confirmou ao iG

Otávio Marques de Azevedo, ex-presidente da Andrade Gutierrez, foi preso em junho do ano passado na Operação Lava Jato
Reprodução/Youtube
Otávio Marques de Azevedo, ex-presidente da Andrade Gutierrez, foi preso em junho do ano passado na Operação Lava Jato

A Justiça Federal do Rio de Janeiro voltou atrás e decidiu soltar mais uma vez o ex-presidente da empreiteira Andrade Gutierrez Otávio Marques de Azevedo. Ele passou a última noite na carceragem da Polícia Federal na capital paulista.

A informação foi confirmada à reportagem do iG pelo advogado Juliano Breda, que disse ainda que Azevedo cumprirá prisão domiciliar em São Paulo, assim como havia sido combinado no acordo de delação premiada homologado pelo juiz Sérgio Moro.

Azevedo foi solto semana passada após a oficialização do acordo de colaboração com o Ministério Público Federal, mas o empreiteiro teve a prisão decretada mais uma vez nesta quarta-feira (10) pela Justiça Federal do Rio, que cuida dos andamentos da ação penal que investiga crimes da Operação Lava Jato ocorridos junto à estatal Eletronuclear.



    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.