Tamanho do texto

Pelo twitter, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal demonstrou sua insatisfação após votação na Câmara

Última sessão do presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa
ALAN SAMPAIO/iG BRASILIA
Última sessão do presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Babosa fez duras críticas ao financiamento de campanhas eleitorais. Em sua conta no Twitter, Barbosa comentou a política brasileira:  "Pois é. Em poucos dias os ilustres deputados derrubaram a saudável proibição do desvio de dinheiro das empresas para políticos e partidos. Agora está tudo muito claro, né? Vc já sabe: o que a maioria dos políticos (não todos, claro) quer é: dinheiro, dinheiro, dinheiro", afirmou.

Em meados de setembro, quando o Senado votou contra o financiamento de campanhas por empresas, ele se manifestou apoiando a decisão. "Por que num país com tanta miséria, onde os salários são tão baixos, empresas encontram meios de doar bilhões a políticos e a partidos? Doação a partidos é escolha que deve ficar circunscrita à esfera individual: é expressão das preferências político-ideológicas do cidadão", escreveu Barbosa.

Joaquim Barbosa
Reprodução Twitter
Joaquim Barbosa