Tamanho do texto

No comando da Assembleia paulista há dois meses, Fernando Capez (PSDB) critica o financiamento público de campanha e pede a participação popular na rotina do Legislativo

Fernando Capez (PSDB) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo há dois meses e investiu na aproximação entre o Legislativo e a sociedade. Para isso, criou uma ouvidoria que receberá sugestões e denúncias da população. A primeira delas, conta o parlamentar, refere-se ao mau uso do dinheiro público e deverá desencadear uma operação de investigação.

Leia tambémComissão aprova redução da maioridade penal para 16 anos

Em entrevista ao iG , o líder tucano diz que seu principal objetivo como presidente da Casa é aproximar a população do Poder Legislativo. Capez também fala sobre a possibilidade de um plebiscito para se decidir sobre a redução da maioridade penal e condena o financiamento público de campanha, que ele chama de "vergonha".

Assista a entrevista completa:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.