Tamanho do texto

Pai da parlamentar Janaína Riva, José Riva (PSD), está preso sob acusação de liderar esquema de corrupção

O Dia

O apartamento da deputada estadual Janaína Riva (PSD-MT), localizado na Avenida Atlântica, no Rio de Janeiro, foi alvo de busca e apreensão pelo Grupo de Atuação Contra o Crime Organizado (Gaeco), nesta terça-feira. A ação faz parte da operação contra desvio de R$ 62 milhões da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). O imóvel está avaliado em R$ 430 mil.

O pai da deputada, José Riva (PSD), que é ex-presidente da Assembleia, está preso sob acusação de liderar o esquema de corrupção. O Ministério Público do Estado (MPE) denunciou Riva, a esposa dele que já atuou no cargo de secretária estadual de Cultura, e mais 13 pessoas por formação de quadrilha. Segundo o órgão, eles teriam fraudado licitações para desviar recursos da Assembleia.

Leia mais notícias do portal O Dia

Apartamento da deputada Janaína Riva foi apreendido pela polícia
Divulgação
Apartamento da deputada Janaína Riva foi apreendido pela polícia

A deputada Janaína Riva informou através de nota que o apartamento alvo da operação pertence a ela e aos irmãos e que está devidamente declarado no imposto de renda tendo sido “adquirido com recursos próprios, não guardando qualquer relação com os bens dos pais”. Janaína também declarou que a assessoria jurídica ainda não teve acesso sobre o mandado de busca e apreensão decretado pela Justiça.

No ano passado, a empresária declarou à Justiça Eleitoral ter R$ 1,6 milhão em bens. Entre eles estava o apartamento na Avenida Atlântica, avaliado em R$ 439,9 mil. 

A operação foi realizada para assegurar o ressarcimento do prejuízo causado por desvio de dinheiro público no Poder Legislativo mato-grossense. Além do apartamento no Rio, a justiça também determinou o sequestro de 110 imóveis urbanos e rurais, localizados na Cuiabá e no município de Juara, a 690 km de Cuiabá, além de 31 veículos e um avião.

Na semana passada, uma aeronave de propriedade da família Riva, avaliada em R$ 1 milhão, foi apreendida pelo Gaeco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.