Tamanho do texto

Eleito por unanimidade, ministro assume vaga de Zavascki, que terminou seu mandato de um ano no comando do colegiado

O ministro Dias Toffoli foi eleito por unanimidade como novo presidente da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça-feira (19). Toffoli assumirá a vaga do ministro Teori Zavascki, que terminou seu mandato de um ano no comando do colegiado. Zavascki continua na turma que julgará os processos da Operação Lava Jato.

O ministro do STF Dias Toffoli: ele foi transferido à Segunda Turma em março passado
Dorivan Marinho /SCO/STF
O ministro do STF Dias Toffoli: ele foi transferido à Segunda Turma em março passado

A votação foi simbólica e o resultado previsível já que o regimento interno da Corte prevê que a presidência seja exercida em forma de rodízio, com prioridade a membros que ainda não ocuparam o cargo.

Leia também:
Toffoli assume vaga em colegiado do STF que julgará Lava Jato

Toffoli foi transferido para Segunda Turma em março. Na ocasião, os ministros que compõem o colegiado decidiram convocar um integrante da Primeira Turma para ocupar a vaga deixada pelo ministro Joaquim Barbosa, que se aposentou em julho do ano passado.

A transferência foi feita porque a presidenta Dilma Rousseff não havia indicado o jurista Luiz Edson Fachin para o lugar de Barbosa no tribunal. A indicação de Fachin foi votada e aprovada na noite desta terça-feira (19) pelo plenário do Senado.

Veja os políticos que estão na lista da Operação Lava Jato:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.