Lambari D'Oeste, a 318Km de Cuiabá
Reprodução
Lambari D'Oeste, a 318Km de Cuiabá

Um vereador de Lambari D’Oeste, a 318 quilômetros de Cuiabá , no Mato Grosso, foi alvo de um mandado de busca e apreensão e indisponibilidade de bens na última esta terça-feira, 11, suspeito de ter enganado um idoso e furtado o cartão de crédito dele. As informações são do G1.

De acordo com a vítima, o vereador marcou uma consulta para ele que não foi solicitada. Durante a realização de um exame, o servidor público pediu que o idoso fechasse os olhos por 15 minutos.

Após a consulta, a vítima foi ao banco, mas não encontrou o cartão de crédito. Ao tentar pedir o bloqueio do cartão, o idoso descobriu que alguém estava utilizando o cartão e fazendo saques em sua conta bancária.

Nas imagens das câmeras de segurança do banco da cidade, a Polícia Civil descobriu que o suspeito era o vereador, que foi a única pessoa que esteve no local, utilizando os equipamentos bancários, no momento em que os saques foram realizados.

A Polícia de Rio Branco, a 356 quilômetros da capital, cumpriu os mandados durante a Operação Luva Branca. O vereador é investigado por furto qualificado e teve os bens bloqueados, em quantia equivalente ao prejuízo causado à vítima.

Os policiais cumpriram busca na casa do vereador, para encontrar o cartão de crédito e outros elementos que possam ajudar na investigação e esclarecimento dos fatos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários