foto
Divulgação
Segundo a apuração da polícia, os homicídios foram motivados por disputas relacionadas a indenizações trabalhistas


A Polícia Civil de São Paulo prendeu dois homens suspeitos de participação em uma chacina ocorrida em julho em uma oficina na zona leste da capital paulista. Foram presos, na tarde desta quarta-feira (2), um empresário, de 56 anos, e um funileiro, de 54 anos. 


Na noite de 15 de julho, quatro homens, que trabalhavam em uma funilaria na zona leste da cidade, foram mortos por disparos de armas de fogo. As vítimas eram dois sócios da oficina e dois sobrinhos de um dos sócios, todos com idade entre 30 e 45 anos.

Segundo a apuração da polícia, os homicídios foram motivados por disputas relacionadas a indenizações trabalhistas.

O empresário e o funileiro tiveram prisão temporária de 30 dias decretada pelo Poder Judiciário e deverão responder por homicídio qualificado.

    Veja Também

      Mostrar mais