homem de camisa polo
Arcevo familiar / Reprodução
Reinaldo morreu tentando defender filha de agressões

Um homem de 46 anos identificado como Reinaldo Aparecido Pereira foi morto pelo ex-genro, Daniel Pereira da Silva, de 21 anos, ao tentar defender a filha das agressões dele na cidade de Nerópolis, em Goiás, na segunda-feira (27).

Em Boletim de Ocorrência, a filha de Reinaldo afirmou que estava com uma das filhas do casal no braço quando foi atacada pelo ex, que tentava reatar o relacionamento. Reinaldo teria ouvido o barulho das agressões e ido ao socorro da filha.

Leia também: Moradores denunciam invasão de domicílio por policiais em operação na Mangueira

No momento em que Reinaldo interveio nas agressões, o ex-marido acertou o pai com um soco e, depois que ele caiu no chão, com pauladas. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu antes mesmo de chegar ao hospital.

A filha de Reinaldo tinha uma medida protetiva contra Daniel, com quem morou por cinco anos e tem duas filhas. O suspeito chegou a ser preso no dia do enterro da vítima, mas foi liberado poucas horas depois.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários