arma
Divulgação / Polícia Militar
Filho do suspeito foi flagrado usando maconha com um amigo

Um homem morreu baleado na madrugada desta quinta-feira (5) após apontar uma arma contra policiais militares do Mato Grosso que tentavam prender o filho dele. O caso aconteceu em Arenápolis, a 259 quilômetros de Cuiabá.

Leia mais: PMs são flagrados agredindo jovens com pedaços de madeira em Salvador

De acordo com a polícia, Ozeias de Paula Batista de Oliveira, de 38 anos, foi atingido depois de ameaçar e apontar um revólver contra militares. A situação aconteceu por volta de 1h no bairro Vila Rica.

Os policiais realizavam rondas quando viram dois rapazes, Erivelton Souza Gomes e Pedro Henrique da Silva Oliveira consumindo cigarros de maconha. Pedro, filho de Ozeias, havia sido flagrado com cigarro e porções de maconha.

Ao saber que estava sendo preso, Pedro começou a gritar e Ozeias, que estava em uma casa próxima ao local, foi até os policiais. De acordo com a PM, ele estava com uma arma na mão e se aproximou por trás dos policiais. Os militares teriam pedido que ele colocasse as mãos na cabeça e abaixasse a arma.

Leia também: Arthur do Val, o "Mamãe Falei", cria site para recrutar candidatos a vereadores

O suspeito não teria obedecido e continuou a ameaçar os PM. Um tenente foi alvo de Ozeias e então reagiu, atirando duas vezes. Os policiais realizaram o socorro do suspeito encaminhado até uma unidade de saúde. 

Ozeias não resistiu e morreu. A Polícia Civil está investigando o caso. 

    Veja Também

      Mostrar mais