grávida arrow-options
Pixbay/Creative Commons
Grávida de 30 anos é suspeita de assassinar adolescente por ciúme do ex-companheiro

Uma grávida de 30 anos que foi detida por envolvimento na morte da adolescente Ingrid Lopes Ribeiro, de 13 anos, passou mal após ser detida. O caso aconteceu em Chapadão do Sul, localizada a 335 quilômetros de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. 

Leia mais: Sobe para cinco os recapturados pela polícia após fuga de presídio no Paraguai

A detenta está internada sob escolta da polícia, de acordo com o delegado Felipe Potter. A prisão preventiva foi decretada para a gestante e para uma adolescente de 15 anos, que confessou envolvimento no assassinato. Agora, a polícia aguarda a decisão judicial. 

A adolescente Ingrid Lopes havia desaparecido em outubro de 2019. O corpo da garota foi encontrado nesta quarta-feira (22), enterrado na lavanderia da casa da gestante detida. A cabeça da adolescente estava coberta por uma sacola plástica e com as mãos e pés amarrados.

A polícia chegou ao local após denúncias. A gestante foi autuada em flagrante por ocultação de cadáver. Em depoimento, ela disse à polícia que apenas cedeu a residência para que o cadáver fosse escondido. O caso, segundo ela, teria relação com o tráfico de drogas. 

Leia também: Homem é encontrado carbonizado em agência bancária no centro de São Paulo

A polícia chegou até a adolescente de 15 anos, que confessou o crime, no dia seguinte. A versão dada seria diferente da mulher, de acordo com informações dadas ao G1 do Mato Grosso do Sul. 

O relato afirma que Ingrid foi morta a facadas e machadadas por ele e pela mulher, que teria executado o crime por ciúmes. Ingrid estaria em um relacionamento com o ex-companheiro da suspeita. 

    Veja Também

      Mostrar mais