Madrasta é a principal suspeita do crime contra a menina de 9 anos.
Reprodução
Madrasta é a principal suspeita do crime contra a menina de 9 anos.

Uma madrasta está sendo investigada em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, sob a acusação de ter quebrado o braço da enteada de 9 anos. O caso ocorreu no final de semana, quando a menina foi visitar a casa do pai. A mãe da criança registrou um boletim de ocorrência nesta segunda-feira (7).

Leia mais: Criança cai de 4 metros e fica presa em vão entre paredes; assista

De acordo com a ocorrência, a criança foi para a residência paterna na sexta-feira (3). A madrasta da menina teria ligado para a mãe da criança e peidu com urgência que ela buscasse a filha.

A mãe da garota estava ocupada no momento e solicitou que uma vizinha a buscasse. Ao chegar no endereço do pai, a vizinha ligou para a mãe informando que a criança estava com o braço quebrado e precisava ir ao hospital.

Leia também: Estudante fica com ‘dedos de banana’ após ser forçada a cavar neve por professor

A própria criança teria contado que a lesão foi causada pela madrasta, de acordo com a mãe. O caso foi registrado pela polícia como lesão corporal. Um exame de corpo de delito foi solicitado para dar início às investigações. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários