Três mulheres mortas por espancamento
Reprodução / Facebook
As três mulheres foram encontradas com marcas de espancamento.

Policiais Militares de São Paulo encontraram três mulheres mortas , com sinais de espancamento, dentro de uma casa, no bairro do Mandaqui, na Zona Norte da cidade, na segunda-feira (24). Um familiar de uma das assassinadas é o principal suspeito, de acordo com a PM paulistana. O caso foi registrado como feminicídio .

Leia mais: Biscateiro é preso acusado de torturar e tentar matar a companheira

Os corpos são de Denise Pacheco, de 53 anos, Benilde Sant' Anna Pacheco, de 88 anos, e Elza Santana, 84 anos. Denise era funcionária da CPTM , na unidade Barra Funda. Colegas de trabalho informaram que e ela havia faltado dois dias consecutivos de trabalho. Tentaram entrar em contato com Denise, mas não conseguiram.

Um tio de Denise teria ido até a delegacia para que as equipes policiais tentassem arrombar a porta da casa, porque os parentes estavam preocupados.

De acordo com o R7, a polícia suspeita do filho adotivo de Elsa, Flávio Augusto, que é usuário de drogas e saiu da prisão nesta sexta-feira (20). Ainda não foi esclarecido como as mulheres foram mortas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários