Pai estupro garota e 13 anos
Reprodução
Mensagem trocada entre as irmãs.

Uma garota de 13 anos pediu socorro à irmã, após relatar o quarto episódio em que havia sido estuprada pelo pai de 47 anos. As irmãs moravam em cidades diferentes, a 508 km de distância ­ – cerca de 6h de viagem. Mas a irmã da garota foi busca-la assim que soube do casso.

Leia também: Bolsonaro pede desculpas ao STF e diz que publicação de vídeo foi um 'erro'

A garota de 13 anos morava em São Vicente, litoral de São Paulo, somente com o pai e dois irmãos, um de 10 outro de 14. A irmã morava no interior do estado, em São José do Rio Preto. A mãe delas não possui contato com as filhas, segundo elas.

A irmã buscou a garota e seus dois irmãos e os levou para sua casa, no interior de São Paulo. Ao chegar em sua cidade, as irmãs registraram o caso na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de São José do Rio Preto. O caso está sendo investigado pela polícia civil.

O caso ocorreu em meados de setembro, mas até o momento o suspeito não foi localizado. Na época, a garota enviou mensagens por Whats App relatando o ocorrido, informando que a irmã é a única salvação.

Leia também: Joice Hasselmann critica vídeo publicado por Bolsonaro: "Burrice é ilimitada"

Na delegacia, a garota informou que era drogada pelo suspeito e em alguns casos ela acordava com suas roupas abaixadas e com ele em cima dela. Segundo a jovem, o suspeito tocava em suas partes intimas e chegava a cometer o ato sexual.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários