Homem de barba
Polícia Federal
Advogado estava foragido da polícia desde o mês de maio

Um advogado de 33 anos foragido da polícia foi preso na manhã do domingo (6) por ter aplicado uma série de golpes prometendo cidadania estrangeira e revalidação de diplomas para brasileiros no exterior. 

Rodolfo José Cottard Giestosa Filho vinha de Los Angeles, nos Estados Unidos, e desembarcava no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, quando passou pela imigração . No momento em que o nome dele foi consultado, policiais federais conferiram o alerta de procurado da Interpol e deram voz de prisão.

Mais de 34 pessoas foram vítimas do advogado, oito delas no estado de Pernambuco, de onde foi emitido o mandado de prisão, e 26 delas divididas no Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e São Paulo.

Leia também: Dois procurados pela justiça são presos dentro do Rock in Rio

 No golpe, Rodolfo cobrava adiantamento de R$ 6,5 mil a R$ 9,5 mil para fazer serviços diversos para quem quisesse trabalhar ou até mesmo abrir empresa fora do país. Após receber o dinheiro , ele desaparecia. Desde o mês de maio, ele se mudou para Portugal e foi dado como foragido. 

Agora, ele está sob custódia da polícia no Aeroporto de Guarulhos e deve ser encaminhado ao Recife para cumprimento do mandado. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários