Tamanho do texto

Equipes apreenderam grande quantidade de drogas durante incursão pela comunidade; drogas foram achadas com o auxílio dos cães do Canil da PM

fábrica de drogas
Divulgação/COE-PMSP
COE e Canil encontraram máquinas para embalar drogas em barraco em Paraisópolis

Uma operação conjunta realizada nesta semana por equipes do Canil Central e pelo  COE (Comandos e Operações Especiais) da Polícia Militar de São Paulo resultou na apreensão de grande quantidade de drogas e no fechamento de uma 'fábrica do tráfico' na favela do Paraisópolis, na zona sul da capital paulista. 

De acordo com o Tenente Zanetti, do COE , os policiais realizavam incursão pela comunidade quando o cão Thor, que prestava apoio à ofensiva, indicou a porta de um barraco na Rua Itajubaquara. Ao entrar ao local, as equipes se depararam com máquinas industriais para a embalagem de drogas, além de vasta quantia de cocaína.

A poucos metros dali, a cadela Doris, do Canil Central da PM, ajudou outra equipe policial a localizar mais um armazém do tráfico, na viela ao lado daquela onde estava situada a 'fábrica do tráfico'. No local estavam guardados vários sacos com drogas sintéticas, prontas para distribuição.

A operação foi realizada por equipes do Canil Central – 3° Batalhão de Polícia de Choque e do COE – 4° Batalhão de Polícia de Choque.

Leia também: O assassinato do Bombeiro Antônio Carlos Jeffrey por terroristas

Vídeo mostra ação do COE em 'fábrica do tráfico' em Paraisópolis:




drogas apreendidas
Divulgação/COE-PMSP
Equipes do Canil Central da PM e do COE apreenderam drogas prontas para venda




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.