Retrospectiva: relembre os fatos marcantes de novembro de 2023!

Novembro está logo ali, mas sempre tem algum acontecimento que pode ter passado batido. Por isso, relembre os fatos mais marcantes do penúltimo mês de 2023!

3 de novembro: Um incêndio em um centro de tratamento para pessoas com dependência química resultou na morte de 32 pessoas e deixou outras 16 feridas Langarud, no Irã.

reprodução

3 de novembro: No mesmo dia, um tremor de terra de magnitude 6,4 deixou mais de 150 mortos na região de Jajarkot, no Nepal.

reprodução youtube

5 de novembro: A delegação brasileira fez história nos Jogos Pan-Americanos 2023 e terminou a competição na segunda colocação geral com 205 medalhas, um recorde para o país.

Divulgação/CBB

7 de novembro: Suspeito de envolvimento em esquemas de corrupção, o primeiro-ministro de Portugal, António Costa, entregou o cargo.

reprodução cnn

8 de novembro: O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um aviso sobre a chegada de uma onda de calor que atingiria o Brasil nos próximos dias.

Divulgação/Metsul

9 de novembro: Médicos de Nova York anunciaram que realizaram o primeiro transplante completo de olho em um ser humano. Antes disso, só havia transplantes da parte frontal transparente do olho, chamada córnea.

reprodução youtube

O paciente era um veterano militar de 46 anos que havia sofrido uma descarga elétrica de alta tensão, que acabou destruindo o lado esquerdo de seu rosto.

reprodução youtube

17 de novembro: Neste dia, uma marca preocupante foi atingida no cenário climático global: pela primeira vez, a temperatura média global ultrapassou ficou mais de 2°C acima dos níveis pré-industriais (1850-1900).

Imagem de Rosy / Bad Homburg / Germany por Pixabay

Esse calor recorde aconteceu durante um ano em que o fenômeno El Niño teve forte influência e os efeitos das mudanças climáticas, causadas pelas emissões de gases de efeito estufa (GEE), se intensificaram.

Flickr carlosbezz

Esses gases resultam de atividades humanas, como o uso de combustíveis fósseis ou queimadas em regiões de florestas.

pixabay

19 de novembro: Com 55,69% dos votos, o economista de 53 anos Javier Milei, do partido ‘La Libertad Avanza’, foi eleito o 52º presidente da história da Argentina.

reprodução bbc brasil

Milei venceu o segundo turno, derrotando o candidato governista e atual ministro da Economia, Sergio Massa, do partido União pela Pátria, que tinha ganhado no primeiro turno em 22 de outubro.

reprodução

19 de novembro: Enquanto isso, no Brasil, a cidade de Araçuaí, em Minas Gerais, registrou a maior temperatura da história do país, ao chegar aos 44,8°C.

Divulgação / Prefeitura Araçuaí (MG)

Antes, o recorde pertencia à cidade de Bom Jesus, no Piauí, que atingiu 44,7°C em 21 de novembro de 2005.

Divulgação / Prefeitura de Bom Jesus

21 de novembro: Segundo a agência oficial de notícias da Coreia do Norte KCNA, o país lançou seu primeiro ‘satélite espião’ no espaço, o Malligyong-1.

reprodução youtube

Só em 2023, já tinham tido duas tentativas do regime norte-coreano de colocar um satélite de espionagem em órbita.

reprodução

22 de novembro: O Partido da Liberdade (PVV) liderado por Geert Wilders, que é contra o islamismo e a União Europeia, ganhou as eleições legislativas antecipadas nos Países Baixos.

wikimedia commons/Rijksoverheid/Phil Nijhuis

26 de novembro: Francesco Bagnaia conquistou seu segundo título consecutivo na MotoGP. O piloto italiano assegurou a vitória na etapa de Valência, na Espanha.

wikimedia commons Simon Patterson

Veja mais Top Stories