Furtos, seca, inundação, água verde: 2023 agitado em Veneza

Uma das cidades mais famosas do mundo, bela e com uma importância histórica gigantesca, Veneza esteve no noticiário com frequência ao longo de 2023. E por motivos variados.

Um dos mais recentes aconteceu em 6/12 quando turista não aceitaram ficar sentados porque queriam fazer selfie. E, com isso, a gôndola em que eles passeavam virou.

Reprodução Tik Tok

Mas o que bombou nas redes sociais foi um vídeo no Tik Tok, em julho, em que uma mulher alertava os turistas sobre ladrões que estavam na área.

Reprodução/Tik Tok

Para conseguir evitar os furtos, ela usava a frase em italiano "Attenzione, pickpocket! Attenzione, borseggiatrici!", que em português significa "Cuidado, batedor de carteira! Cuidado, batedor de carteira!".

Reprodução/Tik Tok

Pickpocketing é uma forma de roubo que envolve o uso não autorizado de objetos pelo proprietário enquanto ele os está carregando, normalmente em seus bolsos. Dinheiro e carteiras são os itens mais visados, já que são mais fáceis de serem furtados.

Reprodução/Tik Tok

A voz que repercutiu na web é de Monica, integrante do grupo "Cittadini Non Distratti" (Cidadãos Não Distraídos, em português). A informação foi publicada na revista americana "Newsweek".

Reprodução/Tik Tok

Um fato curioso registrado nos vídeos é que os ladrões no caso eram mulheres, em grande parte jovens e bem vestidas. Elas carregavam bolsas bem grandes, para provavelmente colocar os pertences roubados.

Reprodução/Tik Tok

Vale destacar que o primeiro perfil feito com o objetivo de divulgar esses registros acabou sendo suspenso da rede social em poucos meses, porém os criadores não desistiram e continuaram o "serviço" em uma outra conta.

Reprodução/Tik Tok

Mas se engana quem pensa que a mulher começou a fazer essa ação há pouco tempo. Já são mais de três décadas usando seu tempo e atenção para ajudar turistas que não percebem que estão prestes a serem furtados.

Reprodução/Tik Tok

Outro fato marcante em Veneza em 2023 aconteceu em fevereiro deste ano, a cidade enfrentou um grave problema de seca. Na época, as marés ficaram extremamente baixas, o que impossibilitou a navegação de gôndolas e também de táxis aquáticos em alguns dos canais da cidade

Reprodução BBC

Desta forma, o comércio e o turismo da região foram gravemente afetados, já que determinados passeios, considerados clássicos para a região, não puderam ser realizados.

Youtube Canal La Repubblica

O problema fez com que autoridades buscassem entender os motivos para esse contexto. Depois de muita análise, destacaram que as causas foram: falta de chuva, sistema de alta pressão, correntes marítimas e a época de lua cheia.

Reprodução G1

Outra situação curiosa e alarmante que foi notícia sobre Veneza aconteceu no final de maio deste ano. Parte do Canal de Veneza amanheceu com a cor verde fluorescente.

Reprodução/Redes Sociais

Diversos vídeos nas redes sociais circularam e o assunto foi tema de discussão, já que as pessoas queriam saber se a água estava contaminada, se era perigoso e o que tinha causado tal mudança.

Reprodução/Redes Sociais

A situação causou apreensão a ponto de o prefeito de Veneza convocar uma reunião de emergência com a polícia da cidade para adotar medidas para resolver o problema.

Reprodução/Redes Sociais

Dias depois o "mistério" foi desvendado. O líquido verde era fluoresceína, um composto orgânico corante que é usado para inspeções de redes de água e também para pesquisar locais como cavernas

Reprodução/Redes Sociais

Já em agosto, a cidade passou por uma inundação. Embora fique com água por todos os lados, as inundações que ocorrem periodicamente trazem alagamentos nos prédios, o que afeta a população.

reprodução sbt

Veneza é uma das cidades mais impressionantes do mundo. Fica no Nordeste da Itália, sobre um grupo de 117 pequenas ilhas separadas por canais.

Imagem de Neil Morrell por Pixabay

A história de Veneza remonta ao século 5. A cidade foi fundada no ano 450 por habitantes da região que queriam escapar de invasões bárbaras.

Imagem de Ida por Pixabay

Veneza ocupa uma área de 412 km² e tem cerca de 220 mil habitantes que usam barcos para se locomover ou caminham pelas pontes - mais de 400 - construídas para ligar diversos pontos da cidade.

Imagem de Lena Lindell por Pixabay

Algumas pontes são muito famosas e representam cartões postais da cidade. A principal é a Ponte de Rialto, de 48 metros, em forma de arco sobre o Grande Canal, inaugurada em 1591.

Imagem de Annette De Manna por Pixabay

Veja mais Top Stories