Inacreditável: Mulher sobrevive a 10 km de queda de avião

Sabe aquela série de filmes "Premonição", em que as pessoas que escapam da morte acabam morrendo logo em seguida porque chegou a hora delas? Com Vesna, passaram-se 44 anos até que, finalmente, ela morresse. Veja que história!

divulgação

Nascida em 3 de janeiro de 1950, em Belgrado, na Sérvia, Vesna era comissária de bordo da JAT Yugoslav Airlines.

Hedavid wikimedia commons

O voo 367 era operado em rotas entre Estocolmo (Suécia) e Belgrado (hoje capital da Sérvia, então parte da Iugoslávia).

Algoritam1 wikimedia commons

A explosão fez com que o jato McDonnell Douglas DC-9 (igual ao da foto), se desintegrasse em voo.

Cipperartic wikimedia commons

Das 28 pessoas a bordo, entre tripulantes e passageiros, apenas Vesna sobreviveu. E isso ocorreu por causa de uma soma de fatores, inclusive porque Vesna ficou na cauda, que se soltou do restante do avião. .

Distribuição dos destroços do voo 367 Karel x -wikimedia commons

Pra começar, Vesna foi a única que não foi lançada para fora do avião, pois ficou presa a um carrinho de serviço de bordo.

upklay por freepik

Além disso, a parte do avião em que ela estava caiu numa área repleta de árvores e uma grossa camada de neve, amortecendo a queda.

Imagem de Jörg Vieli por Pixabay

E, pra terminar , ela foi encontrada por um homem que tinha servido como médico na Segunda Guerra Mundial. E que, após prestar os primeiros socorros, a levou para o hospital.

reprodução vídeo osudove okamziky srbska kamenice

Vesna sofreu várias fraturas nas pernas, costelas, crânio e vértebras.

reprodução vídeo osudove okamziky srbska kamenice

Vesna ficou alguns dias em coma e depois foi se recuperando. Após 10 meses, ela voltou a andar, embora mancando.

reprodução vídeo osudove okamziky srbska kamenice

Um monumento foi criado em memória das vítimas do acidente.

palickap wikimedia commons

Vesna passou a participar de cerimônias em homenagem aos mortos na tragédia, levando flores em memória das vítimas.

reprodução vídeo osudove okamziky srbska kamenice

Vesna não tinha a lembrança do acidente. A última imagem do caso que ela recordava era o embarque dos passageiros. Por isso, ela não ficou com trauma psicológico. Mesmo assim , com as sequelas do acidente, ela não pôde voltar a trabalhar como aeromoça.

reprodução vídeo osudove okamziky srbska kamenice

Mas continuou na companhia aérea para serviços administrativos, principalmente para negociação de contratos de frete.

clipperarctic - wikimedia commons

O então presidente da Iugoslávia, Josip broz Tito (foto) concedeu a Vesna uma condecoração como heroína nacional.

domínio público

Em 1985, Vesna entrou para o Livro Guiness dos Recordes como a pessoa que sobreviveu a uma queda com maior altitude.

reprodução de capa

A explosão foi investigada e as hipóteses foram de ato terrorista por nacionalistas croatas ou de engano por parte da Força Aérea Tcheca, que teria confundido o avião com um jato inimigo.

karel x - wikimedia commons

Não houve um conclusão definitiva e ninguém foi preso.

karel x - wikimedia commons

Vesna tornou-se ativista política e foi demitida em 1990 por participar de um protesto contra o então presidente Slobodan Milosevic.

Stevan Kragujević - wikimedia commons

Nos últimos anos de sua vida, Vulovic viveu com uma pensão baixa, em seu apartamento velho. E já recusava participar de solenidades que lembravam o acidente. Também recusou entrevistas, inclusive no programa de Oprah Winfrey. Dizia que estava cansada.

reprodução vídeo osudove okamziky srbska kamenice