Tamanho do texto

Genebra, 22 set (EFE).- O Fundo das Nações unidas para a Infância (Unicef) pediu hoje a imediata libertação de 90 crianças que na última semana foram seqüestrados em diversas localidades do nordeste da República Democrática do Congo.

Segundo as autoridades locais, os supostos seqüestradores teriam sido as milícias do Exército da Resistência do Senhor.

"O Unicef pede a libertação incondicional das crianças seqüestradas. Estas crianças foram seqüestradas enquanto estavam na escola. Estamos muito preocupados que sejam forçadas a lutar e ponham sua vida em risco".

Segundo a agência da ONU, além das crianças, foram seqüestradas duas missionárias italianas e um chefe de um povoado. EFE mh/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.