Tamanho do texto

A União Européia (UE), que aplica um embargo de venda de armas ao Zimbábue desde 2004, pediu nesta terça-feira uma moratória internacional no envio de armamentos a este país.

"A UE não fornece nem vende armamentos, material ou equipamentos relacionados suscetíveis de ser utilizados com fins de repressão interna no Zimbábue", destaca o texto aprovado em uma reunião pelos ministros das Relações Exteriores europeus.

"A UE estimula os outros intervenientes a demonstrar a mesma moderação, na situação atual, instaurando uma moratória de fato sobre todas as vendas deste tipo", acrescenta a nota.

bur-mar/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.