Tamanho do texto

LOME (Reuters) - A seleção togolesa de futebol está se retirando da Copa Africana de Nações após um ataque ao ônibus da equipe, em ação que matou três pessoas, afirmou neste sábado o ministro da administração territorial do país. O governo togolês decidiu chamar o time de volta. Não podemos continuar na Copa Africana de Nações nessa dramática situação, afirmou Pascal Bodjona, em comunicado divulgado na capital de Togo, Lome.

(Reportagem de John Zodzi)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.