Tamanho do texto

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) anunciou nesta quinta-feira que recebeu a ordem das autoridades cingalesas de reduzir as operações na ilha, onde 300.000 civis se viram obrigados a fugir de casa em consequência dos combates entre o Exército e os rebeldes.

"Depois do fim das hostilidades entre o Estado do Sri Lanka e os Tigres Tâmeis, o governo cingalês pediu ao CICV que reduza as operações no país", afirma a Cruz Vermelha em um comunicado.

aj/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.