Tamanho do texto

Tbilisi, 13 ago (EFE).- O presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili, pediu hoje uma investigação internacional das ações militares russas em território georgiano, e acusou Moscou de fazer uma limpeza étnica.

"O desfiladeiro de Kodori (na região separatista da Abkházia) foi bombardeado por aviões russos. Peço uma investigação internacional para estabelecer de quem são essas bombas. Para que não nos acusem", afirmou Saakashvili, em entrevista coletiva. EFE mv/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.